Últimas Notícias

recent
EC Bahia,

Nos pênaltis, Bahia perde para o Universidad César Vallejo e está desclassificado



A vantagem criada em Salvador, após vencer por 2 a 0, de nada adiantou. Na noite desta quarta-feira (15), no Peru, o Bahia perdeu pelo mesmo placar para o César Vallejo e nos pênaltis, após desperdiçar quatro cobranças, deu adeus à Copa Sul-Americana. O esquadrão foi eliminado da competição continental de maneira idêntica ao ano passado, quando foi derrotado nos pênaltis para o Nacional de Medellín, da Colômbia.

Além da eliminação, inesperada pelos tricolores, o Bahia terá que amargar o fato de não receber cerca de R$ 720 mil pela premiação que seria dada ao classificado às quartas de final da competição.

Fora da Sul-Americana, o esquadrão agora foca exclusivamente no Campeonato Brasileiro da Série A, começando pelo jogo contra o São Paulo. O duelo de tricolores acontecerá neste sábado (18), às 18h30, no Morumbi.

Jogo
Apesar do ruim momento do time no Brasileirão, com o jogo do São Paulo três dias depois, o treinador Gilson Kleina decidiu não mexer tanto na equipe. Com exceção de Demerson, Rafael Miranda e Guilherme Santos, que ficaram em Salvador, o time que entrou em campo era praticamente igual ao usado pelo comandante na Série A.
 
Logo aos 3, William Távara criou uma boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para grande área. Titi não conseguiu desviar, cortar o lance, e a bola passou próxima ao gol de Marcelo Lomba, que apenas observou o desfecho da jogada. No minuto seguinte, de fora da área, Léo Gago realizou a primeira finalização do tricolor, mas por cima da meta.

Aos 10, desta vez pelo lado direito, o time peruano chegou com perigo novamente. Donald Millán avançou pela direita e soltou uma bomba que, para felicidade, saiu sem direção e morreu na linha de fundo. Aos 17, de fora da área, Léo Gago quase abriu o placar. O chute forte do volante, buscando o canto esquerdo, passou muito próximo ao poste esquerdo. Salomón Libman se jogou atrasado e só torceu para não entrar.

Aos 19, em dois lances, o Bahia exagerou na força do passe. Kieza se posicionou, movimentou, mas não conseguiu alcançar os passes de Lucas Fonseca e Rafinha, respectivamente, que morrera nas mãos dos goleiros Libman.

O time peruano também chegou com perigo aos 22. Távara driblou dois adversários, finalizou e foi travado por Titi. Na sequência, Quinteros pegou de primeira e mandou por cima da meta. No fim do primeiro tempo, aos 44, o César Vallejo teve sua melhor oportunidade. Após cobrança de falta de Quinteros, a bola ficou dentro da grande área nos pés de Juan Morales. O meia bateu forte no canto e o goleiro Marcelo Lomba fez uma excelente defesa.

Segundo tempo
O César Vallejo criou o primeiro lance de perigo da etapa final. Quinteros cobrou na falta na grande e, de cabeça, o zagueiro Luis Cardoza colocou para fora. Outra vez a defesa do Bahia mostrou fragilidade na jogada aérea.

Uelliton, de fora, como fez Léo Gago em duas chances na etapa inicial, também decidiu arriscar. O chute do volante tricolor ganhou força e quase enganou o goleiro Libman, que realizou a defesa com dificuldade.

Aos 18, com muita liberdade, Quinteros dominou a bola na entrada da área, pensou e bateu. Para sorte do Bahia, o arremate subiu um pouco além do espero pelo atleta peruano e passou próximo ao gol de Marcelo Lomba. Pouco depois, aos 20, foi a vez do Bahia tentar abriu o placar de fora da área. Marcos Aurélio finalizou e Libman, apesar do desvio, encaixou.

Peruanos saem na frente
Aos 30, em vacilo defensivo, o Bahia quase levou o primeiro gol. Após o cruzamento, ninguém cortou e assistiu ao arremate de Quinteros. O camisa 23 bateu forte no meio do gol e Marcelo Lomba fez bela defesa. A pressão peruana começava ali. Aos 34, Távara dominou na área, encheu o pé e carimbou o travessão.De tanto insistir o César Vallejo inaugurou o marcador. Aos 38, Titi errou e não cortou a bola, deixando-a nos pés de Quinteros. O meia bateu bonito, buscando o ângulo esquerdo, sem chances para o goleiro Marcelo Lomba. Apesar da derrota, naquele instante momentânea, o tricolor baiano garantiu vaga entre os oito finalistas.

Aos 41, em boa jogada de Barbio, o esquadrão quase empatou. O atacante tocou para área e encontrou Marcos Aurélio sem marcação. O camisa 10, de primeira, bateu no meio do gol e Libman fez grande defesa.

Bahia leva o segundo no final
Aos 46, quando a classificação parecia encaminhada, a defesa novamente falhou. Tejada, na entrada da área, dominou com liberdade e serviu Távara. O camisa 22 entrou na área, ajeitou e chutou rasteiro. Segundo gol do César Vallejo, igualdade na soma das partidas e vaga a ser decidida nas cobranças de pênaltis.

Pênaltis:

César Vallejo: Tejada (O) - Chavez (X) - Távara (O) - Andy Pando (O) - Millán (O) - Rabanal (X) - Muente (X) - Morales (O) - Cardoza (O) 
Libman (O)
Bahia: Marcos Aurélio (O) - Lucas Fonseca (X) - Henrique (O) - Titi (O) - Léo Gago (O) - Uelliton (X) - Pará (X) - Barbio (O) - Railan (O)
Marcelo Lomba (X)

FICHA TÉCNICA:
Sul-Americana - Oitavas de final (volta)
César Vallejo x Bahia
Local: Estádio Mansiche, em Trujillo (Peru)
Data: 15/10/2014
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Auxiliares: Christian Lescano e Byron Romero
Gols: Quinteros, Távara
Cartões amarelos: Luis Cardoza / Uelliton, Lucas Fonseca
Cartão vermelho: Vega Argomedo
 
César Vallejo: Libman; Rabannal, Cardoza, Muente e Jeremy Rostaing (Tejada); Juan Morales, Távara, Ronald Quinteros (Argomedo) e Millán; Daniel Chávez e Andy Pando.Técnico: Franco Navarro
 
Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Uelliton, Léo Gago e Marcos Aurélio; Rafinha (Barbio) e Kieza (Henrique). Técnico: Gilson Kleina.
Nos pênaltis, Bahia perde para o Universidad César Vallejo e está desclassificado Reviewed by Leonardo Mello on 01:07:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados a Baianos Online © 2014 - 2018
Desenvolvido por Rodrigo Melo,

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Baianos Online. Tecnologia do Blogger.