Últimas Notícias

recent
EC Bahia,

Vitória abre vantagem mas deixa Goiás empatar


A noite caminhava para ser perfeita. Vitória começou bem a partida, abriu 2 a 0 e com o triunfo deixaria a zona do rebaixamento. O caminho, no entanto, ganhou outro destino. Porque, em um 'apagão', o rubro-negro baiano sofreu dois gols em três minutos e ficou somente no empate com o Goiás em 2 a 2, na noite desta quarta-feira (8), no Barradão.
 
Com o resultado, que quebra a sequência de vitórias no Barradão, o leão estacionou nos 28 pontos e não consegue sair da zona do rebaixamento mais uma vez.

No próximo domingo (12), o time baiano viaja para Recife, onde enfrenta o Sport na Ilha do Retiro, às 18h30.

Vitória sai na frente
Com a ausência do centroavante Dinei, de fora da partida por questões médicas, o treinador Ney Franco optou por colocar Edno para desempenhar a função, e o comandante do rubro-negro não se arrependeu.

O camisa 9 do Vitória na noite desta quarta-feira (8) precisou de apenas 3 minutos para apresentar resultados. Após cruzamento de Vinicius, o zagueiro Pedro Henrique errou na tentativa de cabecear e deixou a bola passar. Edno completou para o fundo do gol e abriu o placar: Vitória 1 a 0.A vantagem do time baiano por muito pouco não foi por água abaixo aos 11 minutos. O volante Thiago Mendes, nas costas de Juan, entrou na grande com liberdade e ficou de frente para o goleiro Fernández. O camisa 7, porém, tentou o arremate por cobertura, tentando um golaço, e mandou para fora.

O jogo era muito corrido, com as duas equipes buscando explorar às laterais, mas a quantidade de erros de passes impedia a criação de boas jogadas. O Vitória insistia pelo meio, enquanto o Goiás tentava a todo custo aproveitar os espaços nas costas de Juan. Aos 22, em lance de bola parada, o leão quase amplia. Marcinho cobrou falta na área, ninguém desviou e a bola passou muito próxima ao poste esquerdo.

Aos 33, outra vez em cobrança de falta, o rubro-negro levou perigo ao goleiro Renan. Edno bateu forte, buscando o canto direito, enquanto o arqueiro da equipe goiana apenas assistia à bola pegar na rede pelo lado de fora. Alguns torcedores no Barradão, posicionados no lado oposto ao arremate, comemoraram o gol que não existiu.
 
O time visitante também criou. Aos 38, Esquerdinha antecipou ao goleiro Júnior Fernández, após cruzamento, e tocou de calcanhar para pequena área. Mas, antes que Erick pudesse finalizar sem goleiro, o zagueiro Kadu apareceu de maneira salvadora e travou o chute. Aos 40, da entrada da área, o camisa 10 Esquerdinha resolveu testar o camisa 1 do leão. O chute, no entanto, subiu mais do que deveria e morreu na linha de fundo.

Edno deixa mais um
A defesa do Goiás falhou novamente e deu espaços ao Vitória pelo lado direito, que soube aproveitar. Vinicius, de novo, fez o passe para o meio da grande área e encontrou Edno, livre marcação. O camisa 9 bateu forte, no alto, e ampliou o placar no Barradão: Vitória 2 a 0.

Segundo tempo

Garçom da noite, autor de duas assistências para os gols de Edno, o atacante Vinicius desperdiçou duas boas chances de marcar o terceiro do Vitória na partida, aos 7 minutos. Primeiro, da entrada da área, bateu cruzado e Renan defendeu. No minuto seguinte faltou pontaria. O camisa 7 entrou na grande área sem qualquer marcação, viu o goleiro adiantado e tocou por cobertura. Para azar dele, a bola subiu demais e encobriu a trave, caindo sobre a rede pelo lado de fora.
 
Aos 13, de novo Vinicius na jogada. O camisa 7 bateu no canto esquerdo e Renan defendeu outra vez.
 
Goiás empata em três minutos
O jogo no Barradão, apesar da chuva, era morno na etapa final até os 27 minutos. A defesa do Vitória errou o posicionamento e deixou o atacante Erick, dentro da grande área, de frente para o capitão Richarlyson. O jogador do alviverde levou vantagem, bateu cruzado e diminuiu o placar no Barradão.

A defesa do Vitória dormiu no ponto e, três minutos depois, viu a equipe goiana empatar o jogo. Tiago Real, improvisado na lateral-direita, fez o papel de camisa 2 muito bem e cruzou na medida para Bruno Mineiro. O atacante cabeceou no canto esquerdo e empatou a partida em Salvador: 2 a 2.

Ney Franco, que colocaria o jovem Mansur na lateral, recolocando Richarlyson no meio de campo, mudou de ideia. Tirou Nino Paraíba, que reclamou de cansaço, e botou em campo o atacante William Henrique. A presença do pica-pau em campo não rendeu o esperado pelo comandante. O Vitória cansou e não criou mais nada.

Do outro lado, satisfeito com o empate, o Goiás buscou ter a posse de bola até o fim da partida.
 
 
FICHA TÉCNICA
Vitória x Goiás
Campeonato Brasileiro – 27ª rodada
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 8 de outubro de 2014  (quarta-feira)
Árbitro :Péricles Bassols (RJ-Fifa)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ-Fifa) e Gilberto Stina Pereira (RJ-CBF).
Gol: Edno (Vitória) / Erik, Bruno Mineiro (Goiás)
Cartões amarelos: Edno (Vitória) / Tiago Real (Goiás)
Público: 8.422 pagantes
Renda: R$ 72.075,00


Vitória: Júnior Fernández; Nino Paraíba (William Henrique),  Roger Carvalho e Juan (Escudero); Luiz Gustavo, Richarlyson, Cáceres (Adriano) e Marcinho; Vínicius e Edno.Técnico: Ney Franco.
 
Goiás: Tiago Real, Jackson, Pedro Henrique e Léo Veloso (Lima); Amaral, David (Ramon), Thiago Mendes e Esquerdinha (Bruno Mineiro); Erik e Samuel. Técnico: Ricardo  Drubuscky.

Vitória abre vantagem mas deixa Goiás empatar Reviewed by Bahiaço TV on 18:36:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados a Baianos Online © 2014 - 2018
Desenvolvido por Rodrigo Melo,

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Baianos Online. Tecnologia do Blogger.