Últimas Notícias

recent
EC Bahia,

O Brocador voltou, e o Bahia também

Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia
6 x 1 Bahia. O resultado esfria a cabeça de Guto Ferreira e a cabeça do torcedor. Após o fraco empate contra o Jacobina, um triunfo de placar largo sobre o Vitória da Conquista. Em um verdadeiro dia dos mortos-vivos, os renascidos das cinzas, Régis e Hernane voltaram a sorrir. Mais importante, fizeram seu torcedor abrir esse sorriso. A torcida tricolor ainda não tinha visto o Esporte Clube Bahia golear esse ano. O esquema montado por Guto, com Vinícius e Gregore fazendo a “cabeça de zaga”, funcionou a partir do segundo tempo. Os dois volantes ofensivos – sendo que Vinícius é meio-campo – proporcionaram criação ofensiva muito superior ao que havia sido apresentado até então na temporada. Antes dessa partida, o Bahia tinha marcado apenas 4 gols no campeonato baiano.

Resumão

Esquadrão de Aço tentava, mas não era muito efetivo. Mais uma vez, os chutes tricolores passavam longe da meta adversária. Kayke já tinha falhado feio em duas oportunidades, uma pior que a outra. O mais perto que o Bahia chegou do gol foi perto dos 45 minutos. Após cobrança de escanteio, Vinícius fez uma acrobacia e obrigou boa defesa do goleiro Leandro Silva. Quando saiu de campo no intervalo, o time do Bahia saiu em baixo de vaias. Na volta do intervalo, o Bahia fez o gol na cobrança de falta com catiguria de Zé Rafael. A partir daí, o jogo foi outro. A confiaça adquirida, somada ao desespero do Vitória da Conquista, transformaram o Bahia e mudaram a cara do jogo. As três derrotas seguidas que o time do interior sofreu no baianão pesaram, e mais um resultado negativo somou-se a conta. Os bons ares que o time voltava a respirar fez efeito ao reabilitado Régis, que voltou de contusão, e ao personagem do jogo: o renegado Hernane. 


Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Brocador

Novidade na lista de GutoHernane Brocador voltava a ser relacionado após quatro jogos sem aparecer no banco. Em meio a rumores de transferência para FluminenseFlamengoBotafogo e Ceará, na mira da torcida, recém recuperado de uma fratura de tíbia, o Brocador estava bem fisicamente, mas a cabeça ainda não estava 100%. O psicológico do atacante era minado constantemente pela corneta interminável. Além disso, sua própria consciência pesava dia após dia, com certeza repetidamente clamando por gols. A última “brocada” havia ocorrido em abril de 2017, no próprio campeonato baiano. E foi também no estadual que ocorreu sua redenção.
Não me lembro da última vez que vi um jogador tricolor marcando um hat-trickTrês gols em uma só partida, música no Fantástico e alívio no coração. A determinação e força de vontade de um centro-avante que já brilhou tanto volta a iluminar a Fonte Nova. Sangue, suor e lágrimas personificados em um jogador, que também é torcedor do clube. Hernane já salvou o Bahia dentro e fora de campo, assim na bola como na motivação, e todos esperamos que a estrela do Brocador continue brilhando.

BBMP

Esse triunfo contra o Vitória da Conquista foi essencial para acalmar os ânimos da torcida e dar confiança aos jogadores. Com a goleada, o Bahia deixa a sexta posição e sobe para o terceiro lugar. Que os frutos plantados pelo trabalho de Guto Ferreira continuem sendo vistosos. E tomara que sejam uma maravilha, assim como assistir uma goleada do meu Baêa.
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia
Destaque para o gol do Vitória da Conquista. O autor do tento foi o folclórico atacante Flávio Caça-Rato, que “dibrou” Lucas Fonseca com seu molejo desajeitado e marcou um chorado gol.
O Brocador voltou, e o Bahia também Reviewed by Augusto on 22:25:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados a Baianos Online © 2014 - 2018
Desenvolvido por Rodrigo Melo,

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Baianos Online. Tecnologia do Blogger.